NO AR

DEL FONE

WHATS DEL

(82) 9 8191.0365

Ouvir Vídeo

Lewis Hamilton prevê disputa de título mais dura da carreira na Fórmula 1

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Sebastian Vettel e Lewis Hamilton reeditam grandes duelos do passado da Fórmula 1 FOTO: GETTY IMAGES

 

Inglês ainda não venceu nenhuma corrida em 2018 e admite que Mercedes não tem o melhor carro neste princípio de temporada.

 

O começo deste ano não vem sendo nada fácil para quem estava acostumado a enfileirar uma vitória atrás da outra. Passadas três corridas da temporada 2018 da Fórmula 1, o tetracampeão Lewis Hamilton ainda não venceu, ampliando assim um jejum que já dura seis corridas, contando as três últimas do ano passado.

Na Austrália, Hamilton parecia que não teria problemas para ganhar. Fez a pole facilmente e controlava a corrida na liderança, mas um safety car e uma aposta estratégica da Ferrari deram a vitória a Sebastian Vettel. Mas, no Barein e na China, a Mercedes foi irremediavelmente batida pela Ferrari em performance, e Vettel só não abriu mais no campeonato porque foi acertado por Max Verstappen em Xangai e perdeu pontos preciosos.

– Quem sabe o que a temporada tem? Se continuar do jeito que está, vai ser muito difícil vencer. No entanto, se houver uma oportunidade, seria ainda melhor, mas já é uma temporada mais difícil do que as anteriores. Meu objetivo é obviamente o mesmo, mas está claro desde o fim de semana que não somos os mais rápidos. Perdemos o desempenho de Melbourne e talvez mais em Xangai – comentou Hamilton ao site “Autosport”.

Hamilton admitiu que neste momento a Mercedes já foi até alcançada pela RBR, que venceu na China com Daniel Ricciardo – o inglês foi o quarto, beneficiado por uma punição a Verstappen pelo choque com Vettel:

– Estamos em segundo ou terceiro entre os mais rápidos no momento, então temos algumas melhorias para fazer, mas isso não é impossível. O que essa equipe nos mostrou é que somos grandes em permanecer juntos. Então eu sei que todos de volta à fábrica vão continuar pressionando o máximo possível.

Das disputas de título que teve na carreira, Hamilton foi derrotado em 2007 e 2016 na última corrida, respectivamente por Kimi Raikkonen e Nico Rosberg. Em 2008 e 2014 ele foi campeão também na prova derradeira, contra Felipe Massa e Rosberg, enquanto em 2015 e 2017 o inglês faturou o título antecipadamente.

No próximo fim de semana, Hamilton terá a oportunidade de reagir e quebrar o jejum de vitórias no GP do Azerbaijão. No entanto, o histórico do inglês não é positivo em Baku, com apenas dois quintos lugares nos últimos dois anos.

Fonte: Gazetaweb.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PEÇA SUA MÚSICA